Festival Viva Dominguinhos reuniu mais de 50 mil pessoas em Garanhuns

Nessa sexta-feira, dando sequência às apresentações da quarta edição do Viva Dominguinhos, o palco principal do evento, localizado na Praça Cultural Mestre Dominguinhos, em Garanhuns, recebeu mais uma noite de shows gratuitos, reunindo mais de 50 mil pessoas, segundo a Secretaria de Turismo e Cultura.

Os ritmos nordestinos marcantes não ficaram de fora das apresentações de Gennaro, Os Nonatos, Alcymar Monteiro e Fulô de Mandacaru; responsáveis pela animação dos forrozeiros que lotaram o espaço. A primeira atração foi o sanfoneiro e amigo pessoal de Dominguinhos, o ex-integrante do Trio Nordestino, Gennaro.

Fulô de Mandacaru - Crédito: Edson Fernandes - FH Studios/Secom PMG

Fulô de Mandacaru – Crédito: Edson Fernandes – FH Studios/Secom PMG

Logo em seguida, quem subiu ao palco foi a dupla de repentistas Os Nonatos. A união entre Paraíba e Ceará acarretou em diversas composições como “Um Nós por Dois eus” e “Ponto Final”, canções que fazem parte da história de muitos dos espectadores presentes. Em declaração à imprensa, o vocalista Nonato Costa ressaltou a magnitude do evento que dá espaço à pluralidade de ritmos nordestinos; bem como a relação da dupla com Dominguinhos.

Os Nonatos - Crédito: Edson Fernandes - FH Studios/Secom PMG

Os Nonatos – Crédito: Edson Fernandes – FH Studios/Secom PMG

A terceira apresentação da noite ficou por conta do renomado cantor de forró, Alcymar Monteiro. Aos 63 anos o “Rei do Forró”, como é conhecido, não decepcionou ao público que pode dançar ao som de músicas consagradas na
sua voz. Atentos às apresentações na linha de frente do palco, estava um grupo de recifenses que já criava expectativas para as principais apresentações do evento.

A banda Fulô de Mandacaru foi a atração mais esperada da noite. Os caruaruenses agitaram o público que lotava toda a extensão da Praça Mestre Dominguinhos, desde o início da noite. “Este é um palco abençoado, eu acredito que toda homenagem ainda é pouca para Seu Domingos, diante da grandiosidade da obra que ele deixou pra gente. Quem conheceu Dominguinhos de perto sabe da humildade que ele tinha, e o monstro da música popular brasileira que ele foi”, afirmou o integrante Pingo Barros.

Crédito: Edson Fernandes - FH Studios/Secom PMG

Crédito: Edson Fernandes – FH Studios/Secom PMG

Neste sábado, o palco encerra a programação do IV Viva Dominguinhos com show da cantora garanhuense Kiara Ribeiro; seguida do projeto Cantoria Agreste, formado pelos artistas Gennaro, João Netto, Marcelo Melo e Sérgio Andrade; logo após é a vez do cantor e compositor paraibano Flávio José; e encerrando a noite tem a apresentação do grupo Falamansa.

Author: Júlia Molinari

Share This Post On