Marcos Vilaça queria Antônio Cândido na Academia Brasileira de Letras

Pouco antes de morrer aos 98 anos, Antônio Cândido teve o nome lembrado por Marcos Vilaça para disputar a vaga de Eduardo Portella na Academia Brasileira de Letras.

Autor:: João Alberto

Compartilhe este post sobre

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*