Reta final do Outubro Rosa: acesso para mais de 160 mamografias gratuitas

As mulheres interessadas devem realizar o cadastro de forma presencial, na Clínica SiM, em Casa Amarela, na próxima sexta (29), a partir das 8h30. A iniciativa é fruto da solidariedade de várias empresas privadas, que se uniram em prol do Outubro Rosa. O mês vai chegando na sua reta final, mas a campanha de conscientização segue movimentando a sociedade civil na luta contra o câncer de mama. A ONG CasaRosa, com sede no Espinheiro, que é um dos nomes mais expressivos no trabalho de acolhimento às mulheres que realizam tratamentos de quimioterapia e radioterapia nos hospitais públicos do Recife, vai facilitar novamente o cadastro para mais de 160 mamografias gratuitas, como gesto solidário de várias empresas conscientes da importância desse rastreio na prevenção à doença. 

Nomes como a rede de Clínicas SiM e CartãoSiM, a ANAFE (Associação Nacional dos Advogados Públicos Federais), a Argamassas Do Mestre/Massa Pronta e a Secovi-PE (Sindicado da Habitação) estão envolvidos nessa causa, que visa ajudar quem não poder arcar com os custos de tal diagnóstico. Em foco, usuárias do Sistema Único de Saúde (SUS), acima de 40 anos e que não tenham realizado esse exame no período de um ano. “Vale reforçar que a oferta das mamografias será de acordo com o preenchimento das vagas. E a realização será ao longo do mês de novembro conforme disponibilidade de laboratórios como Boris Berenstein, Diagmax e Lucilo Maranhão”, completa uma das diretoras da ONG CasaRosa, Kadja Camilo. 

Em tempo, a Femama (Federação Brasileira de Instituições Filantrópicas de Apoio à Saúde da Mama) destaca números expressivos sobre o câncer de mama. Apenas em 2020, dados do DataSus revelam que um milhão de mulheres deixaram de fazer exames preventivos. No mesmo período, o Inca (Instituto Nacional de Câncer) aponta 66 mil novos casos. Infelizmente, cerca de 18 mil das mortes por câncer no Brasil são de mama, também com base em relatórios do Inca, de 2019. 

Author: Marcela Nunes

Compartilhe este post

Escreva um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.