Segunda edição do King Festival agitou a área externa do Centro de Convenções

Cerca de dez mil pessoas foram conferir a segunda edição do King Festival, que rolou no último sábado, na área externa do Centro de Convenções. Sob o comando de Ju Cavalcanti e tendo como tema a Árvore da Vida, o agito vai ficar marcado na memória da galera que curte música eletrônica.

Créditos: Vito Sormany/ Moove Comunicação

Créditos: Vito Sormany/ Moove Comunicação

Pontualidade foi uma das coisas mais marcantes desta edição. Às 18 horas em ponto a Árvore da Vida surgiu nos telões apresentando ao público sua primeira atração: os brasileiros Dude e Jesus Bagaça. Depois deles foi a vez da galera curtir a primeira apresentação internacional da noite, o holandês R3HAB, que tinha vários fãs na multidão e agitou a galera por cerca de 1h30. O ponto alto da sua apresentação foi quando ele tocou a música Ping Pong, onde ele pediu para as pessoas acenderem as luzes do celular e balançarem no ritmo da música.

Créditos: Vito Sormany/ Moove Comunicação

Créditos: Vito Sormany/ Moove Comunicação

Bruno Cesar, R3HAB e Ju Cavalcanti Créditos: Vito Sormany/ Moove Comunicação

Bruno Cesar, R3HAB e Ju Cavalcanti
Créditos: Vito Sormany/ Moove Comunicação

 

Depois foi uma sequencia de DJs nacionais bem conhecidos pelo publico pernambucano. José Pinteiro, FTampa, que aproveitou o festival para apresentar uma música inédita, e o duo carioca Felguk, que fizeram uma apresentação cheia de hits da sua carreira e com muito entusiasmo, que é uma das marcas registradas do duo.

 

Gustavo Rozental e Felipe Lozinky do duo Felguk Créditos: Vito Sormany/ Moove Comunicação

Gustavo Rozental e Felipe Lozinky do duo Felguk
Créditos: Vito Sormany/ Moove Comunicação

 

Às 23h30 começou a leva de DJs internacionais. O primeiro a se apresentar foi o russo Arty, que preparou seu set minutos antes de subir ao palco. Ele apresentou canções que marcaram a história da e-music e algumas canções do seu novo álbum, intitulado Glourious. Antes de se apresentar ele também bateu um papo com a equipe do Blog João Alberto, que vocês vão poder conferir em breve.

O DJ Arty apresentou grandes sucessos da música eletronica em seu set Créditos: Vito Sormany/ Moove Comunicação

O DJ Arty apresentou grandes sucessos da música eletronica em seu set
Créditos: Vito Sormany/ Moove Comunicação

 

Um pouco antes das 22h30 a grande atração da noite, o holandês de 19 anos Martin Garrix, chegava ao local do evento. Ele não passou nem perto do camarim e foi direto para cima do palco, de onde acompanhou as discotecagens dos três DJs que se apresentaram antes dele. Ele foi extremamente solicito com todas as pessoas que circulavam pelos bastidores da festa, tirava fotos, fazia snapchats, brincava e dançava com todos, era uma animação incrível que, segundo seu segurança “é assim o tempo todo! De manhã até a noite, sempre brincalhão e animado”.

Martin Garrix e Arty deitados no chão do palco Créditos: Vito Sormany/ Moove Comunicação

Martin Garrix e Arty deitados no chão do palco
Créditos: Vito Sormany/ Moove Comunicação

Antes da discotecagem de Garrix teve a apresentação do norte-americano Justin mylo. Quando Martin subiu no palco posicionou três mini câmeras ao redor de si para poder ter uma maior interação com o público. As imagens eram passadas no telão o tempo todo, levando a galera a loucura. O DJ resolveu que ia preparar seu set na hora do show e olha, não deixou a desejar. Ele deu inicio com a música Poison, seu mais novo trabalho, e apresentou outros sucessos como Animals e Forbiden Voices. Para a surpresa da galera, ele remixou canções de Justin Bieber e até o novo sucesso de Adele, Hello.  O encerramento da apresentação contou com uma super queima de fogos.

 

Martin Garrix Créditos: Vito Sormany/ Moove Comunicação

Martin Garrix
Créditos: Vito Sormany/ Moove Comunicação

 

A noite contou ainda com as discotecagens de Bruno Cesar,  FeeMarx e encerrando a festança, às 5h da manhã, a última atração internacional, Amini Edge & Dance subiram ao palco.

 

Créditos: Vito Sormany/ Moove Comunicação

Créditos: Vito Sormany/ Moove Comunicação

Uma das atrações da noite foi a produtora Ju Cavalcanti, que era constantemente parada pelos amantes da e-music para tirar fotos, fazer snapchats e afins. Ela também foi responsável pela interação do público com os DJs Justin Mylo e Arty. Os três foram conferir a apresentação de Martin Garrix  no meio da galera, fazendo com que os que estavam ao redor enlouquecessem.

O DJ Arty no meio da galera Créditos: Vito Sormany/ Moove Comunicação

O DJ Arty no meio da galera
Créditos: Vito Sormany/ Moove Comunicação

 

Confira alguns cliques do evento, eles foram tirados por Vito Sormany.

 

Ju Cavalcanti  Créditos: Vito Sormany/ Moove Comunicação

Ju Cavalcanti
Créditos: Vito Sormany/ Moove Comunicação

Ju e os meninos do Felguk Créditos: Vito Sormany/ Moove Comunicação

Ju e os meninos do Felguk
Créditos: Vito Sormany/ Moove Comunicação

Ju e Martin Garrix Créditos: Vito Sormany/ Moove Comunicação

Ju e Martin Garrix
Créditos: Vito Sormany/ Moove Comunicação

José Pinteiro Créditos: Vito Sormany/ Moove Comunicação

José Pinteiro
Créditos: Vito Sormany/ Moove Comunicação

Créditos: Vito Sormany/ Moove Comunicação

Créditos: Vito Sormany/ Moove Comunicação

Garrix recebendo os fãs Créditos: Vito Sormany/ Moove Comunicação

Garrix recebendo os fãs
Créditos: Vito Sormany/ Moove Comunicação

Arty e Martin Garrix Créditos: Vito Sormany/ Moove Comunicação

Arty e Martin Garrix
Créditos: Vito Sormany/ Moove Comunicação

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Author: Taís Machado

Share This Post On